Hospital – 2012 / 2013


EXPO HOSPITAL

A exposição inaugurará no dia 3 de Novembro às 15h, estando aberta de 3 de Novembro a 2 de Fevereiro, de terças a Sábados, das 12h às 18h, a entrada é gratuita.

Pela primeira vez em Portugal é abordado o tema do hospital numa grande exposição de fotografia e vídeo. Na verdade, qualquer artista encontra no hospital matéria para a sua obra: o hospital é o local onde acontece de forma mais intensa o confronto entre a vida e a morte, é o sítio do nascimento e aquele para onde a morte se deslocou, onde o corpo e os órgãos se degradam e se regeneram, onde o homem biónico se constrói, é um palco privilegiado de observação da natureza humana, onde vidas de sucesso se desmoronam, onde desembocam todas as misérias da condição humana, onde a solidão se expõe com toda a crueza, onde o sofrimento expõe facetas recônditas do comportamento, mas o hospital é tambémedifício, ruína, máquina, tecnologia, arquivo, memória, face, gesto, doença, incapacidade, sequela, embrião, corpo, cadáver, claridade, escuridão, heroísmo, fraqueza, humanidade, desumanidade, alegria, tristeza, desespero…

Esta exposição surgiu como um acontecimento paralelo ao 4º Congresso Internacional dos Hospitais, organizado pela Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Hospitalar, que se realizará em Lisboa, de 7 a 9 de Novembro de 2012, e o objectivo foi reunir alguns dos melhores artistas portugueses da actualidade, alguns mais conhecidos outros menos, que têm a fotografia como meio privilegiado de expressão, para concitar no mesmo espaço uma diversidade de perspectivas sobre um objecto

de abordagem artística tão estimulante como é o hospital.

O conjunto das imagens, afirmando-se na diferença, evidencia simultaneamente o esbatimento das fronteiras entre abordagens mais documentais e mergulhadas na realidadecom outras, assumidamente metafóricas, sem uma relação imediatamente perceptível com otema.